Bem-vindo Convidado
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Últimos assuntos
» Casa do Kev
2015-02-16, 00:09 por Samantha Golightly

» Cascata
2014-04-16, 18:45 por Samantha Golightly

» Telemóvel da Ruby Moore
2014-01-02, 20:57 por Ruby Moore

» Quarto da Ruby Moore
2013-12-20, 17:01 por Ruby Moore

» Quarto do Kevin Grant
2013-12-20, 16:37 por Kevin Grant

» Quarto da Ruby Moore
2013-11-14, 21:24 por Ruby Moore

» Quarto de Jennifer Watson
2013-08-28, 23:20 por Jennifer Watson

» Bar
2013-08-12, 18:05 por Samantha Golightly

» Rua Principal - Restaurante
2013-06-25, 17:17 por Adrianna Moore

Parceiros
Gostavas de Fazer Parceria Connosco? Manda MP para a ADMIN.
Fórum grátis

;

Compartilhe | 
 

 Quarto da Ruby Moore

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1 ... 17 ... 30, 31, 32, 33, 34  Seguinte
AutorMensagem
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Quarto da Ruby Moore   2013-04-04, 22:19

Relembrando a primeira mensagem :


________________________________________________________________________________
Mordi o lábio quando me lembrei do pai dela e comecei a pensar em coisas que não devia. -Mesmo assim, importaste-te de perguntar pelo menos ao teu pai? '- perguntei - Por favor, não me vou sentir bem se não ouvir o sim dele - agarrei-a pela cintura encostando a minha cabeça à dela. Eu gostava do pai dela, mas também não queria abusar, já tinha invadido a casa de férias, não ia invadir a casa de Londres também.


Última edição por Kevin Grant em 2013-04-15, 20:38, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário

AutorMensagem
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-10, 11:05

- Está bem. - disse-lhe com um sorriso enquanto o puxava mais para mim e lhe dava um beijinho no maxilar - Mas se precisares de ficar sozinho, não faz mal. - deitei a minha cabeça no ombro do Kev enquanto olhava para a televisão, para o filme que já ia a meio e estava a deixar a Lilly toda entusiasmada. Sentia-me como se tivesse um formigueiro na pele, sabia que o tempo estava a passar, que o Kev estava quase a ter de voltar e isso deixava-me com uma sensação horrível no estômago. Isso e saber que ele estava mal porque era o primeiro natal sem o irmão e isso só me fazia pensar que talvez a minha prenda não fosse assim uma tão boa ideia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-11, 22:44

Mordi o lábio com força assentindo com a cabeça olhava para o filme, não tinha prestado atenção nenhuma desde o ínicio. Olhei para Ruby beijando-lhe o queixo e agarrei-me a ela fechando os olhos por um bocado. Abri os olhos vendo Lilly a olhar-me e sorri esticando uma mão para lhe dar uma festinha na bochecha - estás quase a saber qual é a tua prenda - disse-lhe com um sorriso meio sem vontade. Não era suposto estar assim, era natal, era suposto estar feliz, estava a piorar tudo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-11, 23:12

Coloquei os meus braços à volta do tronco do Kev e apertei o mesmo com força, puxando-o mais para mim. Olhei para a Lilly com um sorriso assim que ele lhe disse que estava quase a saber das prendas e vi-a levantar o queixo com um ar todo superior - Vocês são maus e não me dizem o que é. - queixou-se antes de voltar a dirigir toda a sua atenção para o filme. Ela sabia que assim que acabasse, começava a contagem decrescente para as prendas.
Voltei a olhar para o Kev e beijei-lhe o pescoço - Se quiseres sair daqui, podemos ir. - disse-lhe baixinho vendo que ele não estava nada feliz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-12, 12:07

Sorri com a resposta rabujenta de Lilly e tentei concentrar-me no filme tal como ela o fez, mas acabei por desistir nao ia conseguir apanhar nada. Olhei Ruby e assenti com a cabeça - só um bocadinho - não a ia fazer desperdiçar o natal com a família por minha causa. Levantei-me juntamente com ela e levei-a até à rua e levei-a até ao seu alpendre onde havia um banco de jardim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-12, 15:54

Levantei-me do sofá e estiquei-me até agarrar no meu casaco e no gorro que estava na cadeira. Dentro de casa podíamos andar de top que estava bom mas na rua sem casaco morríamos gelados. Sentei-me no banco que havia no alpendre de minha casa e puxei o Kev para que fizesse o mesmo, deitando a minha cabeça no ombro dele de seguida, dando-lhe a mão e entrelaçando os nossos dedos - Eu sei como é que te isto tudo está a custar por isso se não quiseres estar ali, não tens de estar. - disse-lhe com um suspiro - A sério, Kev, eles vão perceber se eu lhes explicar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-13, 19:13

Olhei para ela encostando a minha cara ao seu ombro enquanto lhe dava festinhas na mão que estava entrelaçada na minha. - Não - abanei a cabeça negativamente abraçando-lhe a cintura com uma mão. - Eu quero estar com a Lilly e com os teus pais também - disse-lhe - eu estou bem - levantei a cabeça e olhie-a. - a sério.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-13, 20:59

Olhei para o Kev assim que levantou a cara para mim e suspirei - Tu não estás bem. - cheguei-me mais para ele e dei-lhe uma festinha na bochecha - E eu percebo que isto de custe é por isso que digo que não precisas de estar a passar por isto. - encostei-me novamente a ele e olhei para a frente, vendo as bolinhas de neve a cair no chão que já estava coberto da mesma. Sentia um aperto gigante no coração. As férias estavam a chegar ao fim e isso significava que nos iamos separar novamente. Não sabia quantas mais vezes iamos nós aguentar isto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-14, 21:00

Desviei o olhar para a neve que estava no chão quando ela disse que eu não precisava de estar a passar por isto e abanei a cabeça - eu nunca tive um natal em familia, nunca o festejei, nem em pequeno - encolhi os ombros - por isso este é o meu primeiro natal mas ao mesmo tempo não é porque... - olhei para ela mas rapidamente deviei novamente o olhar para a neve - tu sabes.- engoli em seco.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-16, 20:24

- Eu sei. - repeti com um suspiro. Cheguei-me mais para o Kev e continuei a fazer festinhas na mão dele. Eu sabia o quanto isto lhe estava a custar, só de pensar em ver-me na mesma situação, sem a Lilly, sentia um aperto no peito. E depois claro, pensar que estava quase na altura de as férias chegarem ao fim, pior me fazia sentir. Voltei a deitar a minha cabeça no ombro do Kev e deixei-me estar em silêncio a olhar para a neve.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-16, 20:37

Olhei para a porta da entrada para a sala e depois para Ruby. Os meus dramas não deviam interessar, deviamos estar lá e aproveitar o natal, era uma época especial para quase todas as famílias - vamos lá para dentro - disse apertando a mão de Ruby levantando-me e fazendo que ela também se levantasse - eu estou bem, acaba por passar - forcei um pequeno sorriso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-17, 17:53

Levantei-me quando o Kev me puxou para que o fizesse e suspirei - Odeio-te por te estares sempre a armar em forte. - coloquei os meus braços à volta do pescoço dele, puxando-o mais para mim - Podes estar mal, não faz mal não estares bem, as pessoas compreendem. - dei-lhe um beijinho na bochecha e outro nos lábios logo a seguir - Amo-te, não te esqueças disso, está bem? - pedi antes de me afastar dele, dando-lhe a mão para que entrássemos em casa e voltássemos para ao pé da minha família até porque era quase meia noite.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-17, 18:54

Sorri um bocadinho quando ela disse que me odiava por me armar sempre em forte e encolhi os ombros beijando-lhe a testa - eu também te amo - disse, as pessoas podiam perceber mas eu não queria estar triste por isso mais valia engolir tudo e voltar ao mesmo. Entrei dentro de casa mais uma vez sorrindo a Lilly que nos olhou mal entrou. - Não podemos antecipar uns minutos?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-17, 20:59

Olhei para a Lilly e abanei a cabeça enquanto me ria - Claro que não, está quase na hora, não sejas melga. - voltei a puxar o Kev para que viesse para o sofá e olhei para o relógio que tínhamos na sala de estar. Estava mesmo quase na hora e estava um bocado ansiosa para que o Kev abrisse a minha prenda. Tinha um bocado receio da reação dele, queria que gostasse mas por outro lado também percebia se ele não gostasse. Voltei a encostar-me a ele e dei-lhe um beijinho nos nós dos dedos - A minha prenda é linda? - perguntei-lhe com um sorriso a ver se ele se descaia com o que era a prenda dele para mim, o que me fez parecer a minha irmã.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-18, 20:50

Encostei-me ao sofá de braços cruzados enquanto olhava para a árvore e estava muito distraido quando ouvi Ruby a perguntar-me se o presente dela era bonito. Olhei para as horas vendo que faltavam apenas uns dois ou três minutos para a meia noite - Não é muito bonita - sorri um bocadinho - mas eu sou, e isso é que conta - ri-me.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-18, 21:58

Semicerrei os olhos ao Kev e apertei-lhe o nariz - Quem te disse que eras bonito? - perguntei abanando a cabeça e tive de me chegar para trás quando a Lilly se meteu no meio de nós os dois e se agarrou ao Kev.
- Eu disse. - respondeu ela toda sorridente e levantou o olhar para fazer olhinhos ao Kev.
- Lilly, faltam três minutos, não vale a pena, vais esperar. - disse dando-lhe uma palmadinha na testa e de seguida um beijinho a cada um deles.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-18, 22:48

Ia dizer que eu próprio dizia que era bonito quando Lilly se veio abraçar a mim a dizer que era ela que dizia. Ri-me beijando-lhe a testa e abanei a cabeça assentindo depois ao que Ruby tinha dito - tens que esperar e estes três minutos vão ser os mais longos da tua vida - ri-me baixinho abraçando-lhe o corpinho pequenino. Não era só de Ruby que ia ter saudades, ia ter de todos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-19, 00:31

Voltei a rir-me assim que a Lilly voltou a amuar mas se deixou estar abraçada ao Kev e abanei a cabeça. Sabia que não ia ser a única afetada quando ele se fosse embora de novo. Os meus pais também gostavam dele, até o meu pai apesar de todo aquele ar de protetor mas o pior no meio disto era a minha irmã. Ela adorava-o e ia ficar outra vez super triste com a partida dele. Tinha de lidar com o facto de eu estar a sofrer e da minha irmã estar igual e isso era horrível.
- Está quase na hora. - disse a minha mãe com um sorriso enquanto se sentava no colo do meu pai em frente à árvore de natal.
Encostei a minha cabeça ao ombro do Kev e sorri - Quando formos velhinhos vamos ser assim. - disse-lhe com um sorriso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-19, 11:24

Sorri com Lilly e beijei-lhe a testa ficando a dar-lhe festinhas nos cabelos enquanto olhava para Ruby com um pequeno sorriso. Quando ouvi a mãe dela olhei para o relógio vendo que agora faltava apenas um minuto e sorri, estava ansioso para dar a minha prenda a Ruby, só tinha medo da reação dos pais dela, principalmente do pai dela. Sorri com o que Ruby disse e olhei para os seus pais e depois para ela beijando-lhe a bochecha - vamos ser sempre assim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-19, 16:03

Sorri com o que o Kev disse e meti-me direita, para me levantar de seguida do sofá e me ir sentar em frente à árvore de natal tal como meu pai e a minha mãe já estavam a fazer. Ri-me assim que a Lilly veio a correr mal se começou a ouvir o barulho do relógio a marcar a meia noite e dei-lhe um pequeno encontrão.
- Anda Kev! - chamou ela toda sorridente e com os olhos a brilhar - Vamos abrir as prendas. - disse enquanto batia palminhas.
- Pronto. - disse com um meio sorriso e agarrei no embrulho grande que era para ela - Esta é a minha prenda.
A Lilly começou logo a rasgar o embrulho e assim que viu a casa das barbies que tinha elevador e piscina e mais não sei o quê, aquilo que ela queria, atirou-se para cima de mim, quase a esmagar-me - Obrigada mana!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-26, 21:18

Olhei para Lilly a rir-me da sua excitação. - Tem calma pirralha - disse com um sorriso e fiquei à espera que ela fosse buscar o presente da irmã. Peguei nas minhas prendas para dar às quatro pessoas à minha frente e olhei para a caixa retangular no topo das prendas que era para Ruby. - Posso distribuir as minhas? - perguntei com um sorriso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-26, 21:25

Só havia uma coisa que eu tinha pena no natal, era passarmos mesmo o natal só nós os quatro, agora os cinco com o Kev. Os meus pais e os meus avós tinham-se chateado quando ainda eram miúdos, quando os tinham obrigado a casar e nunca mais tinham querido saber deles. O meu pai e a minha mãe tinham acabado por se apaixonar mas nunca tinham consigo fazer as pazes com os pais deles e apesar de não me proibirem nem à Lilly de estarmos com os nossos avós, eles não queriam saber dos nossos pais nem de nós. Olhei para o Kev assim que agarrou nas prendas dele e ri-me - Sim, podes. Mas é melhor que primeiro dês à Lilly. Se não ela não se cala.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-26, 23:11

Olhei para Lilly quando a vi toda empolgada. - Para ti tenho dois, estava com medo que um dos presentes não te entusiasmasse o suficiente - disse dando-lhe o embrulho, havia uma caixa na forma de quadrado, era uma tiara mesmo à princesa e por baixo estava o desenho que tinha feito dela em papel fotográfico para não se estragar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-26, 23:16

Sorri enquanto olhava para a Lilly assim que agarrou nas prendas que o Kev lhe deu e começou logo a rasgar o papel de embrulho. A primeira coisa que abriu foi a tiara e começou a rir-se, pondo-a na cabeça enquanto se levantava e andava aos pulinhos toda contente - Sou uma princesa. - cantarolou ao mesmo tempo que abria a segunda prenda e parou de olhos muito arregalados - Parecem os desenhos da mana, estou tão gira.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-26, 23:18

Ri-me quando ela ficou toda contente com a tiara e sentei-me com as prendas no colo esticando-me até lhe dar um beijo na testa - feliz natal princesa - disse percebendo que tinha sido bem sucedido com o presente de Lilly, se bem que ela era uma criança e especialmente, uma rapariga, era óbvio que ia gostar do presente. Olhei para a prenda seguinte e sorri quando percebi que era para o pai de Ruby. Era uma camisola que dizia "Eu amo o meu genro." - Pareceu-me indicado - disse com um sorriso quando lhe dei o embrulho e estiquei a mão para lhe dar um passa-bem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-26, 23:21

Mordi o lábio inferior para tentar não me rir quando o Kev deu a prenda ao meu pai e assim que ele abriu e eu vi o que era, não consegui mesmo conter a gargalhada, bem, ninguém conseguiu, até a Lilly começou-se a rir - É muito gira, vou usá-la da próxima vez que cá vieres e te for buscar ao aeroporto. - disse o meu pai com um sorriso. Apesar de se fazer de difícil e protetor por causa da experiência que eu já tinha tido com o Tyler, eu sabia que ele gostava bastante do Kev.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-26, 23:25

Ri-me quando toda a gente fez o mesmo e assenti. - E eu trago a minha - disse rindo-me, claro que se ele tinha uma eu tinha a outra que dizia "eu amo o meu sogro". Levantei-me para ir dar a outra prenda à mãe delas. Não sabia o que lhe havia de dar e como ela parecia uma pessoa simples dei-lhe um colar de pérolas bastante simples e bonito - feliz natal - disse enquanto lhe dava dois beijos como tinha feito a lilly.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-26, 23:31

Era bom ver que toda a minha família gostava do Kev. Com o Tyler não tinha sido nada assim, ele nem tentava dar-se com os meus pais ou com a minha irmã e depois de tudo o que se tinha passado, era mesmo muito bom ver que os meus pais se davam bem com o meu namorado e gostavam dele. Ah e claro, que ele gostava deles. Sorri ao ver a minha mãe dar também dois beijos ao Kev e de seguida pedir ao meu pai que lhe apertasse o colar e olhei para o Kev de olhos semicerrados para tentar parecer má - E a minha?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-26, 23:41

Ri-me olhando para Ruby que tentava ser má e olhei para a caixa mais pequena dos presentes todos, era a chave de minha casa em Los Angeles à beira mar. Acho que estava com mais medo da reação dos pais dela do que dela, não a queria levar para Los Angeles, era só a chave para mostrar que a casa agora também era dela e que podia ir lá sempre que quisesse. Ou melhor eu queria levava-la para Los Angeles mas não podia. Como a caixa tinha dois compartimentos o de cima era a chave e o de baixo era um anel, nada parecido ao de noiva antes que alguém pensasse o contrário, era apenas um anel simples com um coração. - Está aqui - disse com um sorriso à espera que o abrisse.

anel do dedo mindinho
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Ruby Moore

avatar

Mensagens : 3277
Pontos : 7921
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-26, 23:47

Agarrei na caixa que o Kev me estendeu com um sorriso e assim que abri a mesma, olhei para a chave sem conseguir perceber. Levantei novamente o olhar para ele enquanto tentava puxar pela cabeça e mordi o lábio inferior.
- O que é? - perguntou a Lilly toda impaciente.
- É a chave da casa da praia? - perguntei ao Kev com um pequeno sorriso nos lábios. Sabia que aquela casa era bastante importante para ele por causa da Cynthia e ele dar-me a chave de lá deixava-me toda derretida. Olhei novamente para a caixa e abri um pequeno compartimento, vendo um anel lá por baixo, o que me fez sorrir ainda mais - Vais pôr-mo? - perguntei com um sorriso - Sei que não é um pedido de casamento mas mesmo assim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kevin Grant

avatar

Mensagens : 3425
Pontos : 8081
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   2013-10-26, 23:52

Sorri quando a ouvi perguntar-me se era a chave da casa da praia e assenti com a cabeça. - Agora podes ir lá sempre que quiseres - disse-lhe e olhei para os pais dela - mas não te estou a roubar dos teus pais - acrescentei antes que eles ficassem com medo. Olhei para o anel sorrindo e assenti - gostas? - perguntei agarrando no anel e coloquei-o com cuidado no dedo dela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Quarto da Ruby Moore   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Quarto da Ruby Moore
Voltar ao Topo 
Página 31 de 34Ir à página : Anterior  1 ... 17 ... 30, 31, 32, 33, 34  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Pokémon Ruby & Sapphire (GBA)
» Quartos dos sonhos!!
» [oneshot] Uma Semana com Gregory Haltz

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Campo de Férias :: Role Play Game :: Ala Oeste :: Dormitório Feminino-
Ir para: