Bem-vindo Convidado
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  
Últimos assuntos
» Casa do Kev
2015-02-16, 00:09 por Samantha Golightly

» Cascata
2014-04-16, 18:45 por Samantha Golightly

» Telemóvel da Ruby Moore
2014-01-02, 20:57 por Ruby Moore

» Quarto da Ruby Moore
2013-12-20, 17:01 por Ruby Moore

» Quarto do Kevin Grant
2013-12-20, 16:37 por Kevin Grant

» Quarto da Ruby Moore
2013-11-14, 21:24 por Ruby Moore

» Quarto de Jennifer Watson
2013-08-28, 23:20 por Jennifer Watson

» Bar
2013-08-12, 18:05 por Samantha Golightly

» Rua Principal - Restaurante
2013-06-25, 17:17 por Adrianna Moore

Parceiros
Gostavas de Fazer Parceria Connosco? Manda MP para a ADMIN.
Fórum grátis

;

Compartilhe | 
 

 Jardim

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11
AutorMensagem
Admin
Admin


Mensagens : 44
Pontos : 4966
Data de inscrição : 21/06/2012

MensagemAssunto: Jardim   2012-07-09, 18:51

Relembrando a primeira mensagem :


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://kindofsummercamp.foruns.com.pt

AutorMensagem
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-02-26, 23:19

Era mesmo ele, eu tinha agora a certeza. A voz era a mesma, o cheiro a álcool emanava do seu corpo como sempre, era ele. Funguei baixinho, baixando o olhar para os meus joelhos e mordi a parte de dentro da minha bochecha, subindo depois o olhar para Jack.
- Eu não falei contigo rapaz.- pela sua voz começava já a ficar irritado. Ele fervia em muito pouca água.- não dizes olá ao teu pai Samantha? - estremeci quando a sua mão pousou no meu ombro e apenas fiquei parada, sem conseguir mexer-me.
- Olá.- murmurei baixinho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-01, 23:36

Cerrei o maxilar assim que ele falou para mim e olhei para a mão dele em cima do ombro de Sam. Respirei fundo e tentei controlar-me, mas acabei por não conseguir. Sentei com cuidado, ou não, Sam no banco e afastei aquelas mãos e corpos nojentos de perto dela com um empurrão.
-Mas eu falei. - disse em primeiro lugar - e não lhe toque nem com um dedo sequer. - falei num tom alto e ameaçador. Já não era um doente, já tinha recuperado a minha força e forma, podia fazer o mesmo ou pior do que da outra vez.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-02, 01:48

Arregalei os olhos quando senti o meu corpo embater no banco e a voz de Jack soou mais alta do que seria de esperar. Não, não, não. Ele não podia fazer-lhe frente, isto não ia correr bem.
- Amor..- chamei muito baixinho, tentando que percebesse que não podia agir assim, eu não queria que ele se magoasse.

*Cabrão on*

Cerrei o maxilar com força quando senti uns braços empurrarem-me e já só vi o puto em pé, e a tentar fazer-me frente, mas quem é que ele pensava que era? Conseguia muito bem despachá-lo em dois tempos.
- Não te metas comigo miúdo.- disse ainda de dentes cerrados.- tu não sabes do que eu sou capaz.- olhei-o, tocando-lhe para que se afastasse de mim no preciso momento em que ouvi a pirralha.- amor? - comecei a rir-me.- quê, é isto o teu namorado?- ri-me ainda mais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-03, 00:59

Revirei os olhos quando disse para não me meter com ele.
-Miúdo? - perguntei abanando a cabeça - a mim parece-me que sou muito mais homem que você - eu nem sabia porque é que o tratava por você, devia ser demasiado educado. Deixei-me que ele me afastasse dele, não queria germes, mas deixei os meus punhos cerrados. Se ele lhe tocava... era um homem morto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-04, 21:58

Ele começava a irritar-me profundamente. Não seria a primeira vez que eu batia num miúdo, nem a primeira e muito menos a última.
- É bom que tenhas tento nessa língua, miúdo.- avisei.- já tratei da saúde a muitos miúdos como tu.- cerrei o maxilar.

*Sam on*

Tentei parar as lágrimas que escorriam pela minha cara, eu não podia estar assim, como Jack dizia, eu não podia dar parte fraca. Passei as costas das mãos pelas bochechas e funguei baixinho, sentindo o meu corpo gelar de imediato quando ouvi as palavras do meu pai.
- Não.- abanei a cabeça e levantei-me de repente, colocando-me à frente de Jack.- tu não lhe vais fazer nada.- o meu queixo tremeu.- a ele não.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-04, 22:50

Ia falar qando Sam se veio meter no meio. Ignorei o que ela disse e metia atrás de mim aproximando-me mais do velhote. Claro, está bem, ele havia de fazer muito.
-E eu já lhe tratei da saúde a si, caso não se lembre nessa memória retardada, veja não se não quer ficar pior - ameacei-o.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-05, 21:39

*Cabrão*

Eu não queria, eu não queria mesmo nada fazer aquilo. Mentira, queria mesmo muito. Aquela imitação de pessoa irritava-me até ao mais profundo do meu ser. Passei as mãos pelo cabelo, apertando-o ligeiramente e cerrei o maxilar, tentando controlar a raiva que começava a ferver dentro de mim. Se não estivéssemos rodeados de gente, ele já não estava vivo à muito tempo.
- Lembro-me perfeitamente.- falei entre dentes.- e acredita que ainda vais pagar por essa.- fechei as mãos em punho e desviei o olhar para a minha filha, que estava escondida atrás dele.- e também não me esqueço do que me fizeste Samantha, não acredito que deixastes que eles me levassem, sabes o que passei na prisão? - controlei-me para não gritar.- estás a ser igualzinha à tua mãe, aliás, eu sempre soube que eras.- acabei mesmo por fazê-lo.- e agora sai-me da frente.- olhei o miúdo.- eu quero falar com a minha filha! - rugi.

*Samzinha*

Engoli em seco quando Jack me puxou para trás dele e toquei-me nas costas, agarrando a sua camisola nas minhas mãos e tentando controlá-lo caso ele se lembrasse de fazer alguma coisa. Nunca na minha vida me tinha sentido assim, o meu corpo tremia e mais do que nunca, eu estava cheia de medo. Eu não queria que ninguém fizesse nada, eu não queria que Jack se magoasse, eu só queria que o meu pai desaparecesse dali.
- Tu bateste-me.- sussurrei quando me acusou de o ter posto na cadeia. Nem sequer tinha sido eu, mas eu percebia porque o tinham feito. O meu queixo tremeu assim que começou a falar da minha mãe e eu abanei a cabeça, saindo de trás de Jack.- eu não sou como ela, pára de dizer isso..- murmurei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-05, 22:14

-Não me parece que vá conseguir deixar-me KO, vinho custa caro em alguns aspectos - piquei-o enquanto olhava os seus olhos com algum desprezo. Apetecia-me fazê-lo, era uma coisa que também me dava prazer, pelo menos a ele sim. Não tinha medo nenhum, apesar de saber que ela tinha.
Cerrei o maxilar quando ele voltou a falar para Sam e coloquei as mãos atrás de mim para lhe tocar, pedindo-lhe com um puxão de camisola para que ela estivesse calma. - Não.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-05, 22:38

*Samzinha*

Cheguei-me para perto de Jack quando me puxou e naquele momento desejei que não tivessemos saído do camp. Apesar de achar que mais cedo ou mais tarde ele ia acabar por aparecer.
- Não faças nada Jack, por favor..- sussurrei só para ele e apertei a sua camisola com força nas minhas mãos, olhando para o meu pai pelo canto do olho.

* Cabrão*

Eu juro que estava a tentar controlar-me, mas foi a gota de água. Aproximei-me dele num impulso e agarrei-o pelos colarinhos, colando quase a minha cara à sua.
- Estás a armar-te em engraçadinho comigo? - murmurei.- eu se fosse a ti não fazia nada disso, estás a jogar pelo caminho mais perigoso.- ameacei. Começava a ficar sem paciência para o aturar.- e eu não te perguntei se podia falar com a minha filha, eu mandei-te sair da frente dela.- empurrei-o ligeiramente para o lado.

*Sam*

As coisas aconteceram muito rápido, de um momento para o outro já o meu pai agarrava em Jack e eu estava de novo desprotegida.
- Deixa-o em paz.- gritei.- ele não tem nada a ver com isto.- passei as mãos pelas bochechas e quando ele se começou a aproximar, apenas me limitei a recuar.- vai embora pai, vai embora e ninguém chama a polícia.- estava a tentar fazer com que a minha voz soasse firme, mas estava a tremer por dentro. Soltei um guincho quando me agarrou no braço e gemi baixinho quando o apertou.- pára..- sussurrei.
- Eu vim buscar-te e só saio daqui quando conseguir o que quero.- ouvi-o.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 15:38

Ele podia falar à vontade, eu não tinha medo, eu não ouvia nada do que ele dizia. Falava demasiado para um bêbado. Quando me agarrou pelos colarinhos eu fiquei a olha-lo, com a mesma expressão neutra de sempre e deixei que me afastasse, mas assim que o vi agarrar no braço dela, eu agarrei-o pela camisola puxando-o para trás e acabei por lhe dar um soco bem forte que foi mais instintivo por outra coisa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 16:08

- Eu não vou a lado nenhum contigo.- abanei a cabeça, esforçando-me por controlar as lágrimas.
- Ai vais vais.- ele apertava-me o braço com cada vez mais força.- vais voltar para o México que é o lugar de onde nunca devias ter saído.- olhei os seus olhos que penetravam os meus e nesse preciso momento a pressão que sentia no meu braço desapareceu. Olhei para o lado, com a visão meio turva e já só vi o meu pai no chão e Jack à sua frente. Ele tinha-lhe batido.- seu cabrão! - ouvi-o gritar, enquanto se tentava levantar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 16:15

-Não vai leva-la a lado nenhum, não vai tocar-lhe de nenhuma maneira - Parecia um louco, só gritava. Estava com uns nervos que só me apetecia mata-lo, mas estava ali Sam, não podia fazer isso por mais que me apetecesse, afinal ele continuava a ser pai dela. Quando o vi no chão aproveitei para passar o pé por cima da sua garganta e fiquei a olha-lo, baixando-me apenas durante uns segundos. - bastam cinco quilos para esmagar uma traqueia, eu tenho dez vezes mais que isso. - disse-lhe com os dentes cerrados.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 18:26

*Cabrão*

Aquele filho da mãe ia pagá-las, eu só precisava de me conseguir levantar. Gemi baixo com a dor que o seu punho tinha provocado e no preciso momento em que já estava quase sentado o seu pé na minha garganta fez-me deitar de novo. Ele não ia fazer nada, aquilo era só conversa.
- Tu não me vais matar.- falei da melhor forma que consegui, tossicando-o.- tens a minha própria filha a assistir, tu não vais fazer nada.- soltei um riso.

*Sam*

Pára de chorar Sam, porra! Passei as mãos pelas bochechas, decidida a parar de o fazer e quando olhei em volta, já as pessoas se começavam a juntar, em volta dos dois. Juntei as duas sobrancelhas e a passo rápido, aproximei-me, vendo o que Jack estava a fazer.
- Jack! - chamei e corri até ele, tentando pará-lo.- tu não vais fazer nada, pára.- eu sabia que ele já não estava em si.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 18:31

Ele estava a provocar-me? Ou estava só a tentar-me? Apertei mais o meu pé contra o seu pescoço e cerrei o maxilar enquanto olhava os seus olhos, não sabia o total da força que estava a exercer sobre o meu pé, mas eu queria que ele não respirasse, queria mostrar-lhe que era capaz.. Eu conseguia, ele que não me substimasse. Nem que eu fosse preso, mas aquele filho da mãe ia pagar por tudo o que tinha feito à Sam, nem um terço do que eu lhe fizesse ia fazê-lo sofrer como ela sofreu, por isso ele merecia e por isso eu era capaz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 18:57

*Cabrão*

Arregalei os olhos quando senti mais pressão sobre a minha garganta e agarrei na sua perna, numa tentativa de afastar o seu pé. Começava a não conseguir respirar. Remexi-me, abrindo a boca para tentar falar mas a única coisa que consegui foi soltar um som qualquer, em busca de algum ar. Como é que aquele miúdo conseguia ter tanta força? Oh vá lá Philip!

*Sam*

Jack não me ouvia, parecia completamente toldado pela raiva. Passei as mãos pelo cabelo e quando o meu pai gritou, percebi que a força que Jack fazia com o pé, não o deixava respirar.
- Vais matá-lo Jack! - gritei, agarrando na sua camisola. Eu queria que ele pagasse pelo que me tinha feito, achava eu, mas não desta forma.- eu não quero que vás preso, eu preciso de ti, pára!- tentei puxá-lo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 19:12

Senti uma mão a apertar a minha camisola e quando ouvi Sam olhei-a desiquilibrando-me e agarrando ao seu braço para não cair. Engoli em seco ficando a olhar os seus olhos e quando percebi que não queria que estivesse a fazer aquilo eu apenas assenti com a cabeça.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 19:53

Agarrei em Jack quando ele se desequilibrou para cima de mim e respirei fundo, olhando para ele e beijando-lhe a testa.
- Tem calma, por favor.- pedi baixinho e quando olhei para a frente, já o meu pai estava de pé, agarrado à garganta.- vai-te embora! - gritei-lhe.
- Tu não queres que eu vá embora, eu sei disso.- a sua voz estava rouca e ele entrecortava cada palavra com uma tossidela.
- Quero.- apertei Jack contra mim.- já fizeste porcaria suficiente e já deu para perceber que eu não vou a lado nenhum.- cerrei o maxilar.- agora desaparece.
- Filha..- começou a tentar aproximar-se.
- Vai!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 19:58

Estive agarrado a ela, para tentar não me atirar a ele novamente, mas assim que se aproximou eu afastei-me ligeiramente e olhei-o irritado.
-Vá embora - disse com os dentes cerrados e o meu punho cerrado a tremer de raiva.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 21:00

Agarrei o braço de Jack quando lhe fez frente de novo e tentei puxá-lo para trás.
- Tu não podes ser assim comigo Samantha, eu dei-te tudo! - algo me dizia que ele ia começar a chorar.- eu dei-te tudo, tal como fiz com ela, tu disseste que não me deixavas! - olhou-me e eu baixei o olhar. Não podes ceder Sam, não podes.- estás a ser como ela, vais abandonar-me como ela.- ele gritou e de choro passou a irritação.- não podes deixar-me, não podes! - voltou a gritar, mas não se aproximou mais. Talvez começasse a ter algum medo de Jack.
- Eu não posso..- o meu queixo tremeu mas eu respirei fundo.- tens de ir embora, vai-te embora! - gritei.- sai daqui, vai embora! - funguei.
- Eu vou.- apontou para nós.- mas eu volto, eu vou voltar.- disse de maxilar cerrado e virou costas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 21:41

Estava pronto para fazer o mesmo ou pior do que à pouco. Aquele homem metia-me nojo. Cerrei o maxilar quando disse que ia voltar e abanei a cabeça.
-Não vai não - disse ainda com o meu punho a tremer. - Não vai não - olhei para Sam e para todos os outros que nos olhavam, que assim que viram que eu os olhava afastaram-se. - vão-se embora o espetaculo acabou - gritei-lhes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 22:27

Continuei a abraçar o braço de Jack enquanto ele não desapareceu do nosso ângulo de visão e com a mão livre, passei as costas da mesma pelas bochechas.
- Tem calma.- pedi-lhe baixinho e olhei em volta, vendo as pessoas afastarem-se, algumas assustadas.- pronto, já passou, agora acalma-te.- virei-o para mim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-06, 22:33

Olhei-a quando me pediu para ter calma e passei as mãos pelas suas bochechas.
-Estás a chorar, como é que eu posso ter calma? - perguntei puxando-a para mim e abraçando-a com força - não posso - completei.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-07, 19:17

Encostei mais a minha cara às suas mãos, engolindo em seco e tentei parar de chorar, mas estava difícil. Abracei a sua cintura mal me abraçou e escondi a minha cara no seu peito, soluçando baixinho. Eu só queria um bocadinho de paz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-07, 21:11

Fechei os olhos apertando-a contra mim e agarrei no seu braço beijando-lhe a mão.
-Vamos para o quarto - pedi baixinho puxando-a para que viesse ao meu lado, quase colada a mim, enquanto andavamos até ao camp.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Samantha Golightly

avatar

Mensagens : 1796
Pontos : 6568
Data de inscrição : 09/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-07, 22:22

Abri os olhos devagarinho e apenas assenti com a cabeça, encostando-me ao seu corpo enquanto andávamos. Quando eu pensava que finalmente todos os meus pesadelos tinham acabado, acontecia sempre mais alguma coisa. Era sempre assim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Jackson Grant

avatar

Mensagens : 1558
Pontos : 6322
Data de inscrição : 15/07/2012

MensagemAssunto: Re: Jardim   2013-03-07, 23:02

Assim que entramos no camp eu baixei o olhar para o chão e abri a porta dela beijando a bochecha dela. Não sabia o que fazer, ela não estava bem, tal como eu também não estava, mas...
-Ele não vai fazer-te mais nada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Jardim   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Jardim
Voltar ao Topo 
Página 11 de 11Ir à página : Anterior  1, 2, 3 ... 9, 10, 11
 Tópicos similares
-
» [Bairro] - Jardim da Redenção

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Campo de Férias :: Role Play Game :: Ala Exterior :: Jardim e Piscina-
Ir para: